Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística

Escrito por
CRT - Todo o Brasil    CRT - Conselho dAuto Regulamentação da Terapia Holística é uma sociedade civil, de base territorial Nacional, sem fins lucrativos, sem vínculos com o Governo, nem partidos políticos, que desenvolve padrões técnicos, éticos e qualitativos, aos quais os Profissionais voluntariamente assumem o compromisso contratual de cumprimento.    
    
    O Profissional zeloso que espontaneamente se dispõe a seguir as boas práticas, firma o Termo de Compromisso e passa a identificar-se publicamente com a Marca Registrada, consagrada e respeitada pela sociedade, composta pelo Símbolo da Terapia Holística e sigla CRT, seguida de uma numeração exclusiva.

    Fisicamente, o compromisso qualitativo é sacramentado pela CRT - Carteira de Terapeuta Holístico Credenciado, bem como via Certificado de Terapeuta Holístico Credenciado e Certificados de Conformidade Técnica em Terapia Holística.


    A conquista dos Selos Qualitativos aqui descritos ocorre mediante análise documental, de idoneidade e avaliação de capacitação técnica, sendo o usufruto condicional, podendo ser revogado a qualquer tempo, especialmente em caso de descumprimento dos padrões éticos estabelecidos.

    Perante a inexistência de leis específicas para a Profissão, a Auto Regulamentação é o caminho idealista que beneficia tanto aos Verdadeiros Profissionais, que tem a oportunidade de aderir, quanto à Sociedade como um todo, que passa a ter parâmetros para identificar e prestigiar àqueles que, sem nenhuma obrigação legal, fazem questão de compromissar-se com a excelência técnica e ética.

CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística

Missão: 
                
Ser a referência máxima em Terapia Holística perante os Profissionais e à Sociedade


Visão: 
                A Terapia Holística como meio de maximização do potencial individual, propiciando mais qualidade de vida para todos.

Valores: 

Independência

CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística é uma instituição sem fins lucrativos e independente, que não mantém vínculos com governos ou partidos políticos. Nosso trabalho é integralmente custeado pelos próprios Profissionais Credenciados. A independência econômica garante a liberdade de posicionamento e a certeza de comprometimento exclusivo com os Profissionais e com a Sociedade Civil.


Adesão Espontânea

Sem nenhuma lei obrigando a se Credenciar, contamos tão somente com os mais qualificados e zelosos Profissionais da Terapia Holística, unindo e valorizando os que compartilham os mesmos valores e ideais.

Paradigma Holístico

Nossas ações sempre levam em conta beneficiar além dos Profissionais Credenciados, igualmente aos interesses da Sociedade como um todo. A execução de nossas atividades consideram o respeito à Ecologia, com a adoção de procedimentos que minimizem e compensem a "pegada de carbono". 


Objetivos:
 
Consolidar a Terapia Holística como Profissão
Disponibilizar à Sociedade parâmetros de qualidade para o correto exercício da Terapia Holística.
Destacar e valorar publicamente os Profissionais que espontaneamente se Credenciam
Prestar assessoria e orientação aos Credenciados
Qualificar os padrões técnicos, éticos e qualitativos de atendimentos em consultórios 
Desenvolver e aplicar as NTSV - Normas Técnicas Setoriais Voluntárias da Terapia Holística
Proporcionar aperfeiçoamento técnico e ético continuados por meio de Pareceres, NTSVs, Cursos, Eventos e desenvolvimento de materiais didáticos e de apoio aos Profissionais.
Identificar e promover novos talentos, identificar artigos e materiais correlatos de elevado nível ético e qualitativo como fontes Certificadas de informação.
 
 

Itens relacionados (por tag)

  • Leia a Edição Agosto / Setembro da Revista TH Leia a Edição Agosto / Setembro da Revista TH

    É com grande prazer que publicamos esta que é a 57a Edição Online da Revista TH, a Revista Oficial da Terapia Holística.

    Nossa capa ilustra o vasto mundo dos aromas, tema abordado no Artigo “Aromaterapia”, de Vanessa Macedo, que será uma das pautas de palestras no Holística 2018!

    Também sintetizam parte das demais palestras, os Artigos:

    Sincronicidade E Radiônica”, de Nilma Siqueira, “Um Mundo Sem Respostas”, de Jerônimo Oliveira.

    Os palestrantes Nelson Zuniga e Amim Haddad, nos brindam com os Artigos “Transmutando A Tristeza” e “Emoção E Sentimento”, respectivamente.

    Nossos votos de excelentes leituras e nos encontramos todos no Holística 2018!

     

    Henrique Vieira Filho
    Jornalista Responsável
    MTB 0080467/SP

  • Projetos de Leis Federais E As Eleições 2018 Projetos de Leis Federais E As Eleições 2018
  • Drogas: Êxtase, Arte, Dependência E Terapia Drogas: Êxtase, Arte, Dependência E Terapia

     

    Tal somatória resulta na dissolução dos padrões rígidos da personalidade, permitindo contato direto ao conteúdo inconsciente. Os objetivos eram transcendentes, uma jornada "espiritual", "sagrada".

     

    Modernamente, a tradição ressurgiu nos festivais "hippies", inclusive, mantendo-se a busca pela transcendência.

     

    Até mesmo nas Artes Plásticas escreveu-se um capítulo relacionado, como obras pintadas sobre a influência do alucinógeno cipó  Ayahuasca, que teve seu expoente na figura do curandeiro peruano Pablo Amaringo, autor de milhares de telas, de uma das quais fiz a releitura que ilustra este artigo  (Title: Mistic Vision - Artist: Henrique Vieira Filho - 120 cm x 80 cm - Mixed media on canvas - Visions of La Purga by Pablo Amaringo - Revisited).

     

    Nos dias de hoje, temos as festas denominadas "raves", outrossim, sem um objetivo "espiritual" no contexto. Seja como for, o que se constata é um "padrão" que faz parte da história da humanidade e, certamente, merece ser analisado mais profundamente.

     

    Em nossos consultórios, ainda que parte integrante do contexto coletivo/social, o mais comum é que a questão das drogas chegue até nós, de forma individualizada, ou seja trazida pelo Cliente.

     

    A ausência de julgamento, seja positivo, ou negativo, é exigência fundamental em nosso trabalho e o foco é a PESSOA, em seu TODO. Ou seja, o uso das drogas seria mais um dos tópicos a serem trabalhados, visto que é inseparável dos demais.

     

    Devemos, em conjunto com o Cliente, descobrir as motivações, conscientes e inconscientes, que levaram a este padrão de comportamento. Seria uma busca religiosa ? Estaria abafando pensamentos, sentimentos, desejos, lembranças ? Auto-estima em baixa sendo compensada via comportamentos tidos como moda ?  Enfim, infindáveis hipóteses e cada caso é um caso, cada momento é único.

     

    Só o transcorrer da terapia pode trazer mais clareza sobre o que ocorre. E, paralelamente à análise, a inclusão de técnicas vivenciais, alternando relaxamento, hipnose, técnicas corporais de toque, respiratórias, renascimento, em suma, uma vasta gama de opções terapêuticas capazes de produzir estados alterados de consciência, sem uso de "aditivos".

     

    Os produtos consumidos nos dias de hoje, "refinados" quimicamente em laboratórios, certamente são muito mais danosos do que as poções milenares, que eram praticamente em estado natural.

     

    Daí que na sociedade moderna surge a alcunha de "dependente químico", aquele indivíduo perde o controle sobre o uso da substância, associado com sintomas de abstinência e tolerância, evitadas com o uso constante e cada vez maior, privilegiando o consumo a outras coisas que antes valorizava.

     

    Dentre os colegas de profissão, existe um grupo crescente que foca seu atendimento a este tipo de situação, quase como uma "especialidade", correndo o risco de perder o enfoque holístico e, o que é ainda mais grave, inadvertidamente ferindo a legislação, correndo o risco de prisão, sendo irrelevante à justiça humana se suas intenções eram nobres ou não.

     

    O CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística vem detectando um aumento de cursos para "terapeutas em dependência química" realizados em entidades religiosas e que ensinam de forma totalmente inadequada às leis brasileiras.

     

    Quando se trata de Terapia Holística, o trabalho deve focar no atendimento ao CLIENTE e não à "dependência química" em si, pois ao definir tal estado como sendo "doença" e vincular seu trabalho a esta questão, equivale a confessar crime de exercício ilegal de medicina, já que tanto o diagnóstico, quanto o tratamento de doenças são monopólios da classe médica, segundo as leis em vigor e jurisprudência (casos julgados)...

     

    Ou seja, ainda que não trabalhe com internações, quem definir seu trabalho desta forma, corre o sério risco de enquadrar-se em exercício ilegal de medicina...

     

    Extremamente preocupante é o fator "internação", muitas vezes propagandeada com mais um serviço prestado por estes colegas...

     

    Isto se deve porque, em várias escolas, fazem interpretações distorcidas, tentando justificar este procedimento, citando legislação que nem sequer mais existe (como é o caso da Lei nº 6.368, que foi REVOGADA pela Lei nº 11.343, de 23/09/2006) ou da Lei nº 10.216, cujo objetivo (dentro outros...) é justamente PROTEGER o cidadão para IMPEDIR que ele seja internado involuntariamente !!!

     

    Ou seja, é exatamente o OPOSTO da interpretação que muitos cursos divulgam !!!

     

    Nós sabemos que erram na boa fé, porém, nenhuma autoridade policial e/ou judicial aceitaria tal alegação...

     

    Conforme claramente expressa a lei, toda internação, até mesmo as voluntárias, dependem de um laudo MÉDICO PSIQUIÁTRICO; sem isso, estarão ferindo os direitos da pessoa em questão, além de cometer crimes de sequestro e cárcere privado, dentre outros possíveis enquadramentos...  

     

    Mesmo de posse do laudo médico, ainda assim, o estabelecimento precisará prestar "serviços médicos, de assistência social, psicológicos, ocupacionais, de lazer, e outros"; sem tais requisitos, jamais a instituição poderá sequer candidatar-se a esse papel.

     

    Sabemos que muitos colegas trabalham como aprenderam nestas escolas, contudo, verdade seja dita, infelizmente tais cursos, ainda que talvez bem intencionados, ensinam de forma totalmente equivocada no que diz respeito a adequar-se às leis em vigor....

     

    Tudo isso pode ser evitado, simplesmente mantendo o foco naquilo que somos: TERAPEUTAS HOLÍSTICOS, os quais, por definição, jamais tratamos "doenças" (no caso, a dependência química...) e sim, cuidamos do indivíduo, em seu TODO, e, como tal, a questão das drogas, se trazida pelo Cliente, será mais um dos múltiplos aspectos a serem considerados e trabalhados, no transcorrer da Terapia.

  • Holística 2018 - O Mais Importante Evento Da Profissão Holística 2018 - O Mais Importante Evento Da Profissão
     
  • Nova Portaria do SUS e Quem É CRT Se Cadastra! Nova Portaria do SUS e Quem É CRT Se Cadastra!
Mais nesta categoria: O que é CRT »

CRT

É a marca registrada que abrevia CRT - CARTEIRA DE TERAPEUTA HOLÍSTICO CREDENCIADO, a qual atesta o Credenciamento ESPONTÂNEO do Profissional…

Saiba mais...

Evento Holística

Dentro do espírito democrático e para que o evento seja do jeito que VOCÊ deseja e merece, todo credenciado zelosamente em dia com suas obrigações estatutárias e inscrito no Holística pode enviar suas proposituras de palestras…

Saiba mais...

Fale Conosco

Tem WhatsApp? Vamos Conversar! Ou nos envie mensagem via formulário!

Saiba mais...

Quem Somos

CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística é uma sociedade civil, de base territorial Nacional, sem fins lucrativos, sem vínculos com o Governo, nem partidos políticos, que desenvolve padrões técnicos, éticos e qualitativos…

Saiba mais...

Conquiste sua CRT

Como ninguém é obrigado a Credenciar-se, nem em manter-se para poder exercer a Terapia Holística, somente quem leva a sério sua Profissão é que conquista seu Credenciamento junto ao CRT - Conselho de Auto Regulamentação da Terapia Holística…

Saiba mais...

Indicador Profissional

Existe cerca de 150 mil brasileiros que trabalham com Terapia Holística, em suas mais variadas técnicas, tais como Acupuntura, Terapia Floral, Psicanálise, Terapia Corporal, Reiki, enfim, um grande e vasto leque…

Saiba mais...

Revista TH

É com grande prazer que publicamos as Edições Online da Revista TH, a Revista Oficial da Terapia Holística. Acesse para ler em tela cheia.

Saiba mais...

Certificado Terapeuta Holístico

Todos os anos, por ocasião da renovação do Credenciamento Profissional, disponibilizamos para todos os compromissados com as normas éticas e qualitativas ao CRT…

Saiba mais...
© 2015 CRT. All Rights Reserved. Designed By CRT